PUI4 (Viegas / Guazzaloca / "Zíngaro" / Rosso): “A Pearl in Dirty Hands” (AUT Records) (Curtas)

Curtas

Quando se trata de improvisação, o que regra geral se espera de um disco ou de um concerto é que seja disruptivo, desconstrutivo e intenso, mas essa é uma perspectiva tão condicionada por um pré-conceito (preconceito, mesmo que o termo surja com conotação positiva) quanto todos os outros (começando pelos ...

Ler mais

Dissection Room

Albert Cirera / Abdul Moimême / Alvaro Rosso: “Dissection Room” (Creative Sources) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Creative Sources

Quando um disco tem um título alusivo como “Dissection Room”, que nos remete de imediato para a frase em que Lautréamont descreve um rapaz como um «encontro ao acaso, numa mesa de dissecção, entre uma máquina de serrar e um guarda-chuva», está implícita a recusa de aceitar passivamente que a ...

Ler mais

David John Hull: “Call it Fair” (edição de autor) (Curtas)

Curtas

Três dos membros dos Slow is Possible, grupo que se vai apresentar na próxima quinta-feira, 2 de Agosto, na John Zorn Special Edition do Jazz em Agosto (a saber: João Clemente, André Pontífice e Bruno Figueira, aos quais se junta um seu ex-participante, Patrick Ferreira), estão envolvidos no novo disco ...

Ler mais

John Zorn: “Insurrection” (Tzadik) (Curtas)

Curtas

“Insurrection” é o disco que vai servir como uma luva aos amantes de prog rock. E se esta frase pode indiciar que a música vem guitarrada em escalas impossíveis e velocidades ultrassónicas, com melodias cheias de barroquismos e baterias com três metros de parafernália batuqueira – desenganem-se os leitores. O ...

Ler mais

Tania Giannouli / Rob Thorne: “Rewa” (Rattle) (Curtas)

Curtas

A mesma procura de um diálogo intercultural por via da improvisação que providenciou este duo da pianista grega Tania Giannouli e do tocador de nga taonga puoro (o nome genérico que se dá aos instrumentos Maori da Nova Zelândia) Rob Thorne já tinha tornado possível o álbum que Evan Parker ...

Ler mais

KUU!: “Lampedusa Lullaby” (ACT) (Curtas)

Curtas

A alemã ACT é conhecida pela especial atenção que dá a pianistas (começam a contar-se pelos dedos com Joachim Kuhn, Vijay Iyer, Esbjorn Svensson, Michael Wollny, Yaron Herman e depois perdemo-nos), pelo que é com uma boa dose de ironia que nos deparamos com este quarteto em que figuram duas ...

Ler mais

Javier Subatin: “Autotelic” (Sintoma Records) (Curtas)

Curtas

Quando uma música reivindica como único propósito a sua própria exploração, escolhendo o seu autor para ela um nome vindo do Grego antigo como “Autotelic” para sublinhar que o seu fim está nela própria e não numa qualquer razão de ser que a transcenda, parece abusivo tecer quaisquer considerações sobre ...

Ler mais

Rafael Toral: “Saturn” (Pássaro Vago) (Curtas)

Curtas

Agora que o seu Space Program está terminado, Rafael Toral vem expandindo os conceitos nele desenvolvidos em novas direcções – algumas delas encontramo-las já neste “Saturn”, disco gravado ao vivo na edição do festival MEIA de 2016 em que aos amplificadores transformados e aos osciladores daquele que é um dos ...

Ler mais

Han: “Tuning the Invisible” (edição de autor) (Curtas)

Curtas

Antes de existir o grupo pop Clã, um duo de adolescentes de Setúbal com o mesmo nome desenvolvia umas curiosas explorações musicais, um com a guitarra (Emídio Buchinho) e o outro (Vítor Joaquim) processando o que o primeiro fazia. Depois cada um seguiu o seu caminho, firmando as suas respectivas ...

Ler mais

Em topo de forma

Luís Vicente

Em topo de forma (Destaques)

Destaques / Multikulti Project

O trompetista de Lisboa tem dois novos títulos saídos quase em simultâneo pela “label” polaca Multikulti Project. Dois títulos muito diferentes que nos confirmam que o músico está a viver uma óptima fase do seu percurso, com os circuitos internacionais a prestarem-lhe a atenção que merece. A jazz.pt deitou-lhes o ouvido e é como segue.

Ler mais

A Pearl in Dirty Hands

PUI4: “A Pearl in Dirty Hands” (AUT Records) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / AUT Records

O nome PUI4 diz pouco sobre o que indica e talvez devamos começar por aqui: o grupo em causa é um quarteto de improvisação composto pelo clarinete baixo de João Pedro Viegas e o violino de Carlos “Zíngaro”, com o italiano Nicola Guazzaloca no piano e o uruguaio Alvaro Rosso ...

Ler mais

Caminhos paralelos

Flautas

Caminhos paralelos (Destaques)

Destaques / Unit Records

Enquanto Mark Alban Lotz (foto acima) se desdobra em concertos por Portugal e esperamos pela vinda de Robert Dick em Agosto, eis que nos chegam dois discos que têm a flauta (melhor dizendo: vários espécimes da família flautística) como protagonista. Um é de Lotz, o outro de Massimo De Mattia, dois herdeiros de Dick que estão a percorrer caminhos paralelos, mas diferentes.

Ler mais

Susanne Paul’s Move String Quartet: “Short Stories” (Jazz Haus Musik) (Curtas)

Curtas

O que obteríamos se, a um quarteto de cordas, juntássemos conceitos de ritmo (os do jazz e do rock) que não são propriamente os da música de câmara, ao mesmo tempo substituindo o segundo violino por um contrabaixo? Aquilo que neste “Short Stories” se propõe o Move String Quartet, grupo ...

Ler mais

Ensembleia: “Ensembleia” (Pássaro Vago) (Curtas)

Curtas

Registado durante a edição de 2017 do Festival de Música Experimental e Improvisada de Aveiro, mais conhecido por MEIA, este disco homónimo do quinteto Ensembleia dá-nos a ouvir uma nova geração de improvisadores nacionais, reunindo os mais conhecidos Helena Espvall (violoncelista sueca radicada em Lisboa) e Bernardo Álvares (contrabaixista nos ...

Ler mais

Rodrigo Amado: “A History of Nothing” (Trost) (Curtas)

Curtas

Uma história de nada só pode ser nada, a história como nada ou o nada como história. O título do novo disco de Rodrigo Amado tem uma carga irónica (cínica?) enorme, porque o que vem no CD (ou no LP, consoante a escolha feita pelo melómano) não só é muito, ...

Ler mais

Uivo Zebra: “Gancho” (A Besta) (Curtas)

Curtas

Se o free jazz vingou como tendência musical com nome próprio na passagem da década de 1950 para a de 60, a designação “free rock” vem surgindo apenas para identificar um tipo de abordagem, ainda que os procedimentos aplicados no campo do rock não se distanciem muito daqueles que tiveram ...

Ler mais

Jazz from now

Peixe Frito / Dead Vortex

Jazz from now (Destaques)

Destaques / Last Pork Records

Aqui estão mais dois álbuns de espanto da produção nacional no ano que vai correndo, publicados em simultâneo e com dois dos músicos envolvidos a tocarem em ambos, Luís Guerreiro e Pedro Santo. Um tem jazz no título, mas decompõe-no no interior, e o outro parece de rock, não sendo. Estivemos a ouvi-los…

Ler mais

Lynn Cassiers: “Imaginary Band” (Clean Feed) (Curtas)

Curtas

O chamado “jazz vocal” transformou-se, com o passar dos anos, num modelo aborrecido no qual se aproveita a linguagem inventada por Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Nina Simone, Sarah Vaugham e muitas outras (quando no feminino) numa versão para consumo das massas, via loiras brancas bem formatadas na Berklee. É o ...

Ler mais

João Pedro Viegas / Roberto Del Piano: “Friendship in Milano” (Setola Di Maiale) (Curtas)

Curtas

A primeira alegria deste disco começa no seu acontecimento: dois “senhores de certa idade”, de dois países diferentes, que se mantêm interessados na música. São estas as coisas que fazem acreditar que a humanidade não tende para o mal ou para o egoísmo e que o mundo não é dos ...

Ler mais

pLoo: “Pele de Papel” (Carimbo Porta-Jazz) (Curtas)

Curtas

Habitar «um lugar ecléctico onde o jazz, a música do mundo, a música improvisada e a música contemporânea pudessem coabitar» já tinha sido o propósito do primeiro álbum dos pLoo, lançado em 2015 (“Estereograma”), e logo aí se viu que não se tratava de world jazz ou de uma reaplicação ...

Ler mais