Pedro Nobre: “Living Tides” (Edição de autor)

Pedro Nobre: “Living Tides” (Edição de autor)

Edição de autor

Nuno Catarino

Ao segundo disco na condição de líder, o pianista Pedro Nobre vai beber inspiração ao mar. E lidera um quinteto onde se destaca o saxofonista norte-americano John O’Gallagher.

O pianista Pedro Nobre apresentou-se ao mundo em 2017, com a edição o seu disco de estreia “E Depois...”. Oriundo da Marinha Grande, o seu percurso académico passou pela Escola de Jazz Luiz Villas Boas do Hot Clube de Portugal e pela Escola Superior de Música de Lisboa, além de integrar a – agora cada vez mais inescapável – Orquestra Jazz de Leiria. No seu registo de estreia como líder, Nobre dirigiu um quinteto com o saxofonista Pedro Moreira, o guitarrista Nuno Costa, o contrabaixista António Quintino e o baterista Pedro Felgar.

Chegado ao segundo disco, “Living Tides”, o pianista e compositor mantém o formato do grupo, mas altera algumas peças; mantêm-se Costa (guitarra) e Felgar (bateria), entram Demian Cabaud (contrabaixo) e, naquilo que será uma surpresa de muitos, junta-se ainda o saxofonista norte-americano John O’Gallagher – e é de aplaudir a ousadia e coragem de um músico português em convidar um consagrado músico de referência internacional. 

Para este segundo disco, Nobre confessa que a música foi inspirada por memórias de momentos atlânticos. Os títulos confirmam: “Living Tides”, “Shorebrak”, “Espuma dos Dias”, “Flat”… Se a inspiração é marítima, a música é marcada pela fluidez. Tal como no primeiro disco, o pianista volta a apresentar um total de sete composições, todas originais. O grupo trata de interpretar os temas com segurança e maturidade, alinhado numa matriz de jazz mainstream contemporâneo. 

Em crítica publicada na saudosa webzine Bodyspace (2002-2022), escrevi em 2017 sobre a estreia: «O disco “E Depois…” revela um promissor músico – instrumentista e compositor – com técnica e muitas ideias. Há pormenores de bom gosto, há solos memoráveis, há momentos para guardar.» Neste novo disco as palavras voltam a confirmar-se. Mais um bom registo da safra nacional de 2022.

 

 

  • Living Tides

    Living Tides (Edição de autor)

    Pedro Nobre

    Pedro Nobre (piano); John O’Gallagher (saxofone); Nuno Costa (guitarra); Demian Cabaud (contrabaixo); Pedro Felgar (bateria)

Agenda

01 Fevereiro

Com Calma Jazz Jam

Com Calma - Espaço Cultural - Lisboa

02 Fevereiro

João Lencastre, Pedro Branco e João Hasselberg

Miradouro de Baixo - Carpintarias de São Lázaro - Lisboa

02 Fevereiro

Mockūnas-Mikalkenas-Berre

Água Ardente - Lisboa

02 Fevereiro

Ensemble Porta-Jazz / Robalo

Porta-Jazz - Porto

02 Fevereiro

José Menezes Quarteto

Cine Incrível - Alma Danada - Almada

03 Fevereiro

Pedro Neves Trio “Hindrances” / Wabjie

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

03 Fevereiro

Percussion

Água Ardente - Lisboa

03 Fevereiro

Gianni Narduzzi “Dharma Bums” / Carlos Azevedo Quarteto “Serpente”

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

03 Fevereiro

Mockūnas-Mikalkenas-Berre

Salão Brazil - Coimbra

04 Fevereiro

Coletivo Osso/Porta-Jazz “Interferências” / Umbral

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

Ver mais