A la face du Ciel

João Camões / Jean-Marc Foussat: "À la Face du Ciel" (Shhpuma)

Shhpuma

texto Gonçalo Falcão

A estadia em Paris de João Camões reuniu com felicidade este duo. A junção da viola, instrumento profundamente inserido na tradição musical europeia, com a electrónica - situação musical tremendamente variável e não referenciável - não é nova: é inevitável referir Carlos “Zíngaro”, pois foi ele quem abriu este caminho musical, mostrando que a junção das duas naturezas era possível. E é esse o caminho que o duo quer explorar. A originalidade é, em grande parte, fruto desta ligação que o músico português estabelece com o francês, pois Foussat usa a instrumentação invulgarmente e coloca a o seu parceiro em situações musicais estimulantes.

É ela, a electrónica, a grande responsável pelo muito bom disco, pois estabelece o cenário sobre o qual as personagens conversam sendo, simultaneamente, uma dessas personagens dialogantes. Foussat multiplica a viola, roubando-lhe sons e transformando-os, obrigando Camões a reagir a si próprio enquanto fantasma e introduz ainda outros seus na música. O francês é um músico muito interessante do qual não ouvimos lugares-comuns, como “drones”, sobreposições, crescendos, "beats" parvos ou o habitual no mundo dos computadores e teclados. É um músico experiente, com uma carreira iniciada nos anos 1970 e uma sólida consciência sobre a improvisação.
Este "À la Face du Ciel" tem dois temas que somam 45 minutos de escuta de grande prazer. Apesar de estarmos a falar de electrónica e viola em improvisação livre, não é um disco escuro e pode ser facilmente levado para uma audição menos exigente. Fiz-lhe um “test drive” e resultou: sobreviveu lindamente à audição pormenorizada feita em casa e foi agradabilíssimo de ouvir em andamento, dado ser profundamente paisagista. Esta simpatia deve-se em grande parte ao equilíbrio musical que os dois conseguem manter, não saturando o espaço sonoro e usando sabiamente o tempo.

Uma dupla a que convém estar atento e que pode descobrir caminhos muito interessantes para esta instrumentação…

  • A la face du Ciel

    A la face du Ciel (Shhpuma)

    João Camões / Jean-Marc Foussat

    João Camões (viola); Jean-Marc Foussat (electrónica)

Agenda

01 Fevereiro

Com Calma Jazz Jam

Com Calma - Espaço Cultural - Lisboa

02 Fevereiro

João Lencastre, Pedro Branco e João Hasselberg

Miradouro de Baixo - Carpintarias de São Lázaro - Lisboa

02 Fevereiro

Mockūnas-Mikalkenas-Berre

Água Ardente - Lisboa

02 Fevereiro

Ensemble Porta-Jazz / Robalo

Porta-Jazz - Porto

02 Fevereiro

José Menezes Quarteto

Cine Incrível - Alma Danada - Almada

03 Fevereiro

Pedro Neves Trio “Hindrances” / Wabjie

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

03 Fevereiro

Percussion

Água Ardente - Lisboa

03 Fevereiro

Gianni Narduzzi “Dharma Bums” / Carlos Azevedo Quarteto “Serpente”

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

03 Fevereiro

Mockūnas-Mikalkenas-Berre

Salão Brazil - Coimbra

04 Fevereiro

Coletivo Osso/Porta-Jazz “Interferências” / Umbral

Festival Porta-Jazz - Rivoli - Porto

Ver mais