Let the Free Be Men

Rodrigo Amado This is Our Language Quartet: “Let the Free Be Men” (Trost) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Trost

Se a associação de Rodrigo Amado com Joe McPhee, Kent Kessler e Chris Corsano vem resultando em alguma da melhor “fire music” do momento, honrando o tipo de entrega e vernacularidade que o disco com o mesmo nome, de Archie Shepp, deu em herança a uma prática que leva os ...

Ler mais

À Espera do Futuro

Beatriz Nunes / Paula Sousa / André Rosinha: “À Espera do Futuro” (Nischo) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Nischo

Soltar o pensamento é o mote para escutar “À Espera do Futuro”, o álbum de Beatriz Nunes, Paula Sousa e André Rosinha.  Gravado por Luís Candeias em plena pandemia (Dezembro de 2020) e editado pela Nischo, ficará na história associado ao tempo de pausa, da incerteza dos caminhos desconhecidos, da fragilidade ...

Ler mais

Cinestesia

Carlo Mascolo / João Madeira / Felice Furioso: “Cinestesia” (FMR) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / FMR

O mundo da improvisação e do jazz criativo é feito de encontros e cruzamentos. No que aos primeiros respeita, este disco é o resultado dos vários que os italianos Carlo Mascolo (trombone) e Felice Furioso (bateria) foram tendo com o contrabaixista português João Madeira em várias edições do MIA - ...

Ler mais

Sombras da Imperfeição

Hugo Raro: “Sombras da Imperfeição” (Carimbo Porta-Jazz) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Carimbo Porta-Jazz

A introdução da guitarra portuguesa no jazz ganha com este “Sombras da Imperfeição” novas consequências, ainda que, mais uma vez, sendo outro o protagonismo instrumental: o piano neste novo CD de Hugo Raro tal como no Mário Laginha Trio (dedilhada pelo mesmo Miguel Amaral que agora reencontramos) e a guitarra ...

Ler mais

Oceano-Mar

OCENPSIEA: “Oceano-Mar” (edição de autor) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Edição de autor

São de Braga e “Oceano-Mar” é já o seu terceiro álbum. O nome do grupo (pronunciado de diferentes maneiras por radialistas locais na abertura de “Isto é Água”) é o acrónimo de Oh Chefe Eu Não Pedi Sumol Isto é Água, o que introduz desde logo o nível de boa ...

Ler mais

On the Shortness of Life

André Matos: “On the Shortness of Life” (Edição de autor) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Edição de autor

Poucas semanas após ter dado vida ao excelente “Casa” (Robalo) – o tomo derradeiro de uma tetralogia a solo –, o guitarrista André Matos (n. 1981) regressa com um projeto intitulado a partir das palavras do filósofo estoico romano Séneca, que teorizou acerca da brevidade da vida. São quatro ...

Ler mais

Beat With Out Byte

Simão Costa: “Beat With Out Byte” (Cipsela) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Cipsela Records

Pianista com formação clássica e um percurso como compositor electroacústico em práticas de transdisciplinaridade, combinando som, imagem (fotografia, vídeo, cinema) e artes performativas (dança, teatro, novo circo) na tradução de conceitos que intersectam a arte, a ciência e a tecnologia, Simão Costa tem neste novo “Beat With Out ...

Ler mais

Half Dead Half Alive (Live in Nickelsdorf)

Joke Lanz / Ute Wassermann: “Half Dead Half Alive (Live in Nickelsdorf)” (Klanggalerie) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Klanggalerie

Quase chegados ao final da primeira metade de 2021, não é sem alguma azeda ironia que verificamos terem 2019 como ano de registo muitos dos álbuns que vão sendo por estes dias editados. É como se essa referência temporal anunciasse o fim da era pré-apocalipse. E quando essa constatação vem ...

Ler mais

Rua Herval

Marco Scarassatti: “Rua Herval” (Homeless – Low Fi) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Homeless – Low Fi

Quando Marco Scarassatti iniciou o tríptico que com este “Rua Herval” se conclui, depois de “Novelo Elétrico” e “Casa Acústica”, mal este poli-instrumentista, compositor e improvisador originário de São Paulo, mas com residência em Belo Horizonte, adivinhava que o álbum seria produzido em pleno período pandémico. O que nele encontramos ...

Ler mais

Suicide Underground Orchid

Ikizukuri & Susana Santos Silva: “Suicide Underground Orchid” (Multikulti Project) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Multikulti Project

«Scenes of chaos and harmony», lê-se nas “liner notes” do novo álbum dos Ikizukuri (desta feita com a convidada especial Susana Santos Silva), em jeito de apresentação daquilo que vamos ouvir. Que o caos tem a sua própria ordem já o sabemos e isso é matematicamente verificável. Falar-se em harmonia, ...

Ler mais

Sounding Point

Mark Feldman: “Sounding Point” (Intakt) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Intakt

Mark Feldman (Chicago, 1955) tem há vários anos lugar cativo no escol dos violinistas mais relevantes do jazz e das músicas criativas da atualidade, sendo conhecido, sobretudo, pelo seu papel de marcante “sideman” (John Zorn, Dave Douglas, Uri Caine, John Abercrombie, Sylvie Courvoisier, Satoko Fujii) e como líder das suas ...

Ler mais

Free Speech

João Sousa / José Lencastre: “Free Speech” (Partícula Records) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Partícula Records

Este “Free Speech” é o regresso às colaborações entre João Sousa e José Lencastre, desta feita sem outros músicos envolvidos. Ainda que, como acontece logo na primeira faixa, “Burmese Spring”, seja um trio o que ouvimos, com o saxofonista José Lencastre a desdobrar-se em dois na sobregravação de pistas. E ...

Ler mais

Light Machina

João Valinho / Luís Vicente / Marcelo dos Reis / Salvoandrea Lucifora: “Light Machina” (Multikulti Project) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Multikulti Project

Por esta altura já todos o sabemos: quando a polaca Multikulti lança um novo disco com capa de fundo vermelho e “lettering” a negro (ou vice-versa no caso dos álbuns com improvisadores espanhóis – regra geral catalães), esse álbum inclui necessariamente músicos portugueses. É difícil saber da intencionalidade da editora ...

Ler mais

Where Fear Ends

Paulo Chagas / Nicola Guazzaloca / Lee Noyes: “Where Fear Ends” (Zpoluras) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Zpolura

«This is our truth. (…) This is our way of sharing art and culture.» É assim que se apresenta a “label” Zpoluras Archives, escolhendo a Internet como plataforma de edição. O trio deste “Where Fear Ends”, constituído por Paulo Chagas com Nicola Guazzaloca e Lee Noyes, músicos da Itália e ...

Ler mais

Empa

Miguel Rodrigues: “Empa” (Cena Jovem Jazz.pt) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Cena Jovem Jazz.pt

Como resultado de ter vencido em 2019 a primeira “open call” da Cena Jovem Jazz.pt, iniciativa da jazz.pt e do Jazz ao Centro Clube (JACC) que tem como propósito apoiar a criação, a promoção e a divulgação do património musical contemporâneo português, feito por jovens músicos/compositores, Miguel Rodrigues (n. 1994) ...

Ler mais

Eclipse

Guilherme Rodrigues / Mariana Carvalho / Ernesto Rodrigues / João Valinho: “Eclipse” (Creative Sources) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Creative Sources

Se são já muitos os títulos em que podemos encontrar a dupla de pai e filho constituída por Ernesto Rodrigues e Guilherme Rodrigues, este destaca-se pelo facto de a eles se juntarem dois músicos que, apesar dos efeitos da pandemia, vêm conquistando um lugar próprio (e bem merecido) no circuito ...

Ler mais

Soliloque Sonore

Ulrich Mitzlaff: “Soliloque Sonore” (edição de autor) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Edição de autor

Qualquer dicionário ou compêndio de teatro diz-nos que o termo “solilóquio” significa o mesmo que “monólogo”. Está longe de ser verdade: um monólogo é um discurso dirigido para fora, para um ouvinte que está diante de quem fala, enquanto um solilóquio é uma conversa consigo mesmo, um diálogo do “eu” ...

Ler mais

Haseru

Itta Nakamura / João Clemente: “Haseru” (edição de autor) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Edição de autor

É sempre gratificante seguir o que vai surgindo do planeta Slow is Possible, bem como do périplo do guitarrista desta banda surpresa, João Clemente, pela cidade de Berlim. “Haseru” é o novo título de uma actividade que nem a pandemia tornou mais lenta. Trata-se de um trabalho de corta e ...

Ler mais

Tacit Ground

Granular Bastards: “Tacit Ground” (Discordian Records) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Discordian Records

Se há disciplina artística que melhor configura o indizível, essa é a música. A sua natureza não-representacional, em contraste com a pintura, a fotografia ou a escultura, permite-lhe expressar as emoções que não são traduzíveis em palavras. O termo “tacit” (tácito) do título deste disco, “Tacit Ground”, é isso que ...

Ler mais

Voltas

Hydra Ensemble: “Voltas” (Inexhaustible Editions) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Inexhaustible Editions

Sabemos já que Amesterdão é um eixo geográfico de muitas práticas nos âmbitos do jazz, da improvisação livre e do experimentalismo, juntando músicos de várias origens europeias, além de algumas outras. Mas não é apenas na capital da Holanda que tal acontece: Roterdão vem cada vez mais tendo esse papel, ...

Ler mais