, 29 de Abril de 2020

“Prepared Drums Studies”: Pedro Melo Alves inicia sessões em vídeo

Neste período de confinamento em que o vídeo e o “streaming” pela Internet (Instagram, Facebook, etc.) se tornaram na única forma de passar o trabalho dos artistas para o público, muitas são as iniciativas que vão surgindo. Ontem, 29 de Abril, iniciou-se com um “teaser” (https://www.youtube.com/watch?v=HpvShGUyAn8&feature=youtu.be) uma série de «sessões vídeo improvisadas», vulgo tutoriais, em que o baterista e percussionista Pedro Melo Alves explorará e mostrará nas próximas semanas algumas das técnicas extensivas que tem desenvolvido. Intitula-se “Prepared Drums Studies” e terá seis episódios: “On Metamorphic Shapes and Cycles”, “On Pendulums and Landscapes”, “On Noise, Data and Feedback”, “On an Unlikely Mechanism”, “On Arpeggio Waves” e “On Attack, Sustain and Crescendo for Nothing”. Uma «espécie de revisita a algumas aprendizagens que aconteceram ao longo dos últimos anos no encontro com músicos que me fizeram questionar os limites expressivos do meu instrumento».

Adianta o músico do Porto: «Em conversa com Afonso Pais, ele disse-me uma vez que o timbre é a verdade derradeira de um músico. Nos últimos anos, toquei com muitos músicos especiais que me proporcionaram um repensamento da bateria. Estamos condenados a ser nós próprios a vida toda. Acho que foi na música que conheci de forma mais contínua a sensação de, por um instante que seja, não ser eu próprio e "ser" o outro com quem toco, através do som, do timbre. É nestes espaços comuns entre as pessoas que qualquer coisa luminosa acontece. É quando chegamos a territórios desconhecidos, fora das muralhas das nossas pequenas verdades, que aprendemos alguma coisa nova. Estas sessões em vídeo são feitas de muitos destes encontros e um ponto de reflexão num processo em curso. É sobre odiar e amar, construir e destruir sem certezas o nosso caminho para algures.»