, 4 de Dezembro de 2019

Vem aí o Clubedo

Em antecipação do Festival Porta-Jazz, que terá lugar em Fevereiro do próximo ano, realiza-se de 6 a 14 de Dezembro o Clubedo, iniciativa da Associação Porta-Jazz que é descrita como «a romaria jazz por excelência», propondo-se «reavivar o circuito de clubes e salas da cidade do Porto com propostas urgentes». É assim que, a 6, tocam Luís Lapa & Pé de Cabra no Mira Forum, com o Trio João e os Puzzle a actuarem na Sala Porta-Jazz no dia seguinte. A 8, no Hot Five Downtown, vez para o North Camels Large Ensemble. A 9, os Wiz de José Pedro Coelho, Wilfred Wilde e Iago Fernandez vão à Embaixada do Porto. A 10, no Café Concerto da ESMAE, o Filipe Teixeira Trio lança o seu novo álbum, “Tao”. A 11, o Sexteto Mário Santos ocupa o Ferro Barr, enquanto a 12, no Hot Five Uptown, os Galip terão um convidado especial, o baterista Mário Costa.

No dia 13 os Aladdin Killers vão levar o seu jazz de fusão com gira-discos ao Passos Manuel. No sábado 14 de Dezembro voltam a ser dois os concertos na Sala Porta-Jazz, primeiro com o quinteto de Paula Sousa e depois com o Ohad Talmor Trio. O saxofonista (foto acima) trará consigo o guitarrista Miles Okazaki (vindo de grupos liderados por John Zorn e Steve Coleman) e o baterista Dan Weiss. O Clubedo ainda inclui, a 15, e de novo na Sala Porta-Jazz, um Encontro de Escolas, com uma oficina e um concerto aberto a alunos das escolas de jazz de todo o País e coordenado, precisamente, por Talmor, Okazaki e Weiss.