, 29 de Maio de 2019

Festival de Valado dos Frades volta à BIR

Repartido por vários fins-de-semana – teve início a 18 de Maio em vários locais de Leiria, Alcobaça e Nazaré –, o Festival de Jazz de Valado dos Frades concentrar-se-á nos dois próximos na sala que é a sua base há 22 anos, em Valado dos Frades, a da BIR. Já amanhã, 30 de Maio, actua a cantora Marta Hugon, com os préstimos de Mário Delgado na guitarra, Ana Cláudia Serrão no violoncelo, João Hasselberg no contrabaixo e Joel Silva na bateria. Logo no dia seguinte, o Quinteto de Pedro Nobre apresenta o álbum “E Depois…”, com o pianista líder a fazer-se acompanhar por Pedro Moreira (saxofone tenor), Nuno Costa (guitarra), António Quintino (contrabaixo) e Pedro Felgar (bateria). A 1 de Junho, o Sexteto Bernardo Moreira interpreta os temas de “Entre Paredes”. O contrabaixista terá consigo João Moreira no trompete, Tomás Marques no saxofone alto, Ricardo Dias ao piano, Gonçalo Neto na guitarra e Joel Silva na bateria.

A fiada de concertos é retomada a 6 de Junho com o sexteto do saxofonista Mário Santos. Com ele estarão João Ferreira também nos saxofones, Ricardo Formoso no trompete e no fliscórnio, Miguel Moreira na guitarra, António Aguiar no contrabaixo e Marcos Cavaleiro na bateria. No dia 7, vez para o projecto “In Search of Light” do vibrafonista e compositor Eduardo Cardinho, com Ben Van Gelder no saxofone alto, João Barradas no acordeão MIDI, André Rosinha no contrabaixo e Bruno Pedroso na bateria. A conclusão faz-se a 8 com um novo grupo baseado em Berlim que conta com o contrabaixo de Carlos Bica, nele participando Gerdur Gunnarsdóttir (violino), Marie-Theres Hartel (viola) e Susanne Paul (violoncelo), o Move String Quartet – foto acima.