, 30 de Abril de 2019

Dia do Jazz e do JACC com dois concertos hoje em Coimbra

Hoje, 30 de Abril, Dia Internacional do Jazz e o dia em que o Jazz ao Centro Clube (JACC) comemora o 16ª aniversário da sua fundação, são dois os concertos que em Coimbra vão assinalar ambas as efemérides, envolvendo o patrocínio do Clube UNESCO Coimbra: Arte, Património e Comunidade. O primeiro, com o duo de Florian Stoffner (guitarra eléctrica) e Paul Lovens (bateria), terá lugar no Museu Nacional Machado de Castro pelas 19h00, com entrada gratuita. O segundo realizar-se-á à noite, a partir das 22h00, no Salão Brazil, com um grupo constituído pelo baterista e compositor Miguel Rodrigues. Com ele estarão a jovem revelação do piano jazz que é José Diogo Martins e o já consagrado Demian Cabaud no contrabaixo.

Nascido na Suíça, Stoffner é um dos guitarristas chave da cena europeia da improvisação, tendo em Portugal (país onde tocou em anteriores ocasiões) lançado um disco pela Creative Sources com um saxofonista catalão que cá fixou residência antes de partir para Copenhaga, Albert Cirera (“I’m a Resonant Aircraft”, de 2018). Com Lovens e o clarinetista baixo Rudi Mahall tem um álbum editado, “Mein Freund der Baum” (Wide Ear Records, 2017), remontando o início da sua colaboração com o baterista da Alemanha há uma década. Paul Lovens (foto acima) é, pelo seu lado, um veterano do jazz criativo europeu. Membro de um grupo que este ano celebra 47 de actividade, ao lado do pianista Alexander von Schlippenbach e do saxofonista Evan Parker, colaborou ao longo do seu percurso com figuras como Peter Kowald, Joelle Léandre, Mats Gustafsson e o português Carlos “Zíngaro”, tendo ainda um projecto em curso com outro músico nacional, Hugo Antunes, e Seppe Gebruers, o mesmo trio que editou “The Room: Time & Space” em 2018 (El Negocito).

Músico da novíssima geração do jazz português, Miguel Rodrigues apresenta-se na Cidade Universitária depois de ter vencido o primeiro concurso da Cena Jovem Jazz.pt, por decisão de um júri que envolveu Pedro Guedes (ESMAE, Orquestra Jazz de Matosinhos), Helena Genésio (Teatro Municipal de Bragança) e Rui Eduardo Paes (editor da jazz.pt). O concerto antecede a gravação, em Junho próximo, de um disco a editar com o selo Cena Jovem Jazz.pt.