, 6 de Março de 2019

Art Loft Lisbon: improvisação ganhou mais um espaço

Se nos vão chegando notícias do fecho de espaços lisboetas com uma programação de concertos dedicada, parcial ou inteiramente, ao jazz e à livre-improvisação, outras felizmente surgem de pequenas salas (bares, galerias, etc.) que acabam por se tornar em pontos de paragem obrigatória para quem gosta destas músicas. Depois do Logradouro da Bempostinha, de a Sala ou do Penha Sco, eis o Art Loft Lisbon, um “spot” que está a ampliar o seu foco nas artes visuais para albergar actuações ao vivo. De momento, estão quatro concertos de vulto anunciados para este estúdio do Príncipe Real que também oferece refeições: a 13 de Abril ali se apresentará o trio de Luís Vicente, Hugo Antunes e Pedro Melo Alves; no dia 18 de Maio, regressa Vicente na companhia de Olie Brice e Mark Sanders; a 8 de Junho, teremos Carlos “Zíngaro” em duo com Ulrich Mitzlaff; a 12 de Julho, volta de novo o trompete de Luís Vicente, desta vez na companhia de Seppe Gebruers e Onno Govaert.