, 25 de Janeiro de 2019

Enrico Rava vem tocar a Espinho

Enrico Rava (foto acima de Leonardo Schiavone) volta a Portugal a 2 de Fevereiro próximo para um concerto único, a realizar no Auditório de Espinho. Vem em formato de quarteto, com três músicos igualmente de primeiro plano na cena italiana do jazz: Francesco Diodati na guitarra, Gabriele Evangelista no contrabaixo e Enrico Morello na bateria. Se o seu mais recente álbum, “Wild Dance”, data de há quatro anos, o músico continua, quase com 80 de idade, a apresentar-se ao vivo, mantendo intactas todas as capacidades que lhe deram relevância no cenário internacional e que o mantêm, por exemplo, nas listas de melhores trompetistas da revista Downbeat. Ao longo da sua carreira passou por colaborações com figuras de primeiro plano que vão de Cecil Taylor e Pat Metheny a Gil Evans e Carla Bley. Entre estas, Rava teve o violinista Carlos “Zíngaro” como o primeiro de dois parceiros portugueses, no contexto da Mitteleuropa Orchestra. O segundo foi o baterista João Lobo, que integrou os seus New Generation. A formação que agora traz a Espinho, o Rava New 4tet, foi distinguida pela publicação transalpina Musica Jazz como o melhor grupo de 2015.