, 27 de Novembro de 2018

Sonoscopia vai pôr-nos a pensar sobre música

Porque faz falta uma reflexão sobre as músicas que se praticam, e porque quem ouve quer saber quais são os processos utilizados, a Sonoscopia propõe-se realizar entre 14 e 16 de Dezembro próximo, nas suas instalações no Porto, uma série de conversas a que deu o nome de “Som Desorganizado”. As ditas estarão organizadas em três módulos: “Novos Instrumentos e Criação Musical”, “Expressividade na Música Electroacústica” e “Instituições, Academia e Público”. A iniciativa contará com as intervenções dos portugueses João Ricardo de Barros Oliveira, Luís Henrique, André Gonçalves, Mário Azevedo, Ricardo Jacinto, Nuno Torres, Pedro Tudela, Pedro Santos e José Alberto Gomes, bem como de participantes de outros países, a saber Pierre Berthet, Rie Nakajima, Mazen Kerbaj (foto acima de Stewart Mostofsky), Kaffe Matthews, Pascal Niggenkemper, Elisabeth Coudoux, Birch Cooper e Brenna Murphy. Estão igualmente previstos concertos: Berthet e Nakajima tocarão a 14, Matthews e os Beat the Odds (Cooper e Murphy) a 15 e Kerbaj a 16.