Sonic Elements

Joe McPhee: “Sonic Elements” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

Visitante regular do nosso país, Joe McPhee tem-se apresentado com diversas formações. Tocou em Lisboa, Porto e Coimbra e chegou até a colaborar com músicos nacionais (integrou um quarteto liderado por Rodrigo Amado, que actuou no Centro Cultural de Belém).

Contudo, o momento mais especial da ligação de McPhee com ...

Ler mais

Gabriel Peso: “Sinapsis” (Mans Futuro) (Curtas)

Curtas

Gabriel Peso: fixem este nome, pois vão ouvir falar muito dele nos anos que aí vêm. Tem 25 anos de idade e vive em Pontevedra, bem junto à fronteira com o Norte de Portugal. Continua os seus estudos pós-licenciatura mais acima, no Conservatório Superior de Música de A Coruña, tendo ...

Ler mais

Nascem da Terra

Daniel Bernardes: “Nascem da Terra” (TOAP/OJM) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / TOAP / OJM

Em entrevista recente à prestigiada revista norte-americana Downbeat, Keith Jarrett afirma que «não existe jazz europeu». A questão não é nova e é recorrente. Mesmo entre nós, muito se tem discutido em torno da problemática: haverá um jazz português?

Várias têm sido as posições esgrimidas por musicólogos, críticos e músicos, ...

Ler mais

Violino com (e sem) consciência

Jon Rose / Billy Bang / Phillipp Wachsmann / Mat Maneri

Violino com (e sem) consciência (Destaques)

Destaques / Creative Sources

Quatro discos com quatro violinistas de topo (um deles na versão viola) saídos quase em simultâneo permitem-nos fazer o ponto da situação quanto ao entrosamento deste instrumento no jazz e na música improvisada.

Ler mais

Almost Tomorrow

Susana Santos Silva / Torbjörn Zetterberg: “Almost Tomorrow” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

Uma das características que mais têm contribuído para a relevância global da Clean Feed é a aposta em projetos novos e desafiantes, integrando músicos consagrados e outros ainda em fase de ascensão. De facto, no catálogo do selo lisboeta coabitam registos de formações estabelecidas com outros resultantes de colaborações pouco ...

Ler mais

Wood

Sébastien Boisseau / Matthieu Donarier: “Wood” (Yolk) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Yolk

Esta é uma edição especial no catálogo da Yolk: vem numa caixa de fundo branco, muito simples, mas evidenciado um maturado conceito gráfico e, surpresa, lá dentro, juntamente com o CD que encerra a música, encontramos uma rodela de madeira, cortada de um ramo ou de um tronco. É bonito, ...

Ler mais

3

eBraam: “3” (BBB) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / BBB

Não, este “3” não tem o mesmo impacto do seminal “Third” dos Soft Machine, não obstante nos remeter para ele com propósito e intenção. E não, este eBraam não é propriamente um grupo dedicado a mimetismos da Canterbury Scene, se bem que um dos temas tocados, “A Certain Kind”, seja ...

Ler mais

Tania Giannouli / Paulo Chagas: “Forest Stories” (Rattle) (Curtas)

Curtas

Vá-se lá saber porquê (ou sabe-se, mas a explicação não satisfaz), identificam-se as abordagens “vanguardistas” (com aspas, porque o que é isso realmente de “vanguarda” nos dias que correm?) do jazz e da improvisação com práticas musicais em que imperam uma extrema intensidade e um exibicionismo técnico e expressivo que ...

Ler mais

People’s Historia

Estamos Trio: “People’s Historia” (Relative Pitch) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Relative Pitch

Apesar de ainda não estar nas bocas do mundo (William Parker e Terry Riley é que não se cansam de o elogiar, com o compositor minimalista a apontá-lo como um «true original»), o norte-americano Thollem McDonas é um dos mais cativantes pianistas da actualidade. E este “People’s Historia” constitui uma ...

Ler mais

Luís Lopes Humanization 4tet: “Live in Madison” (Ayler Records) (Curtas)

Curtas

Apenas o primeiro tema deste “Live in Madison” não surgiu nos dois álbuns anteriores do Humanization 4tet de Luís Lopes, “Bush Baby”, um original de Arthur Blythe que aqui ganha a acidez do rock – aliás, parece-se mais com algo que Sonny Sharrock poderia ter assinado. Os restantes já os ...

Ler mais

Mogul de Jade

Norberto Lobo / João Lobo: “Mogul de Jade” (Mbari) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Mbari

Não sendo, nem pretendendo ser, um músico de jazz, o certo é que, ao longo dos anos, Norberto Lobo foi conquistando ouvintes nesta área. Fosse porque os blues constituem uma das suas referências ou porque o seu discurso tem uma semelhante dimensão exploratória das capacidades do seu instrumento, a guitarra…

...

Ler mais

En Febrero

Demian Cabaud: “En Febrero” (Fresh Sound New Talent) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Fresh Sound New Talent

Ao quarto disco como líder, o contrabaixista argentino Demian Cabaud – a residir entre nós há praticamente uma década – considerou que era, finalmente, chegado o momento certo para apostar naquela que considera ser a formação ideal: o trio piano-contrabaixo-bateria. Na realidade, sempre houve trio de piano nos seus discos ...

Ler mais

Number Stations

Curtis Hasselbring: “Number Stations” (Cuneiform) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Cuneiform

Em 2001, as autoridades dos Estados Unidos julgaram o grupo que ficou conhecido por “Cuban Five” pela acusação de espionagem a favor de Cuba. Os agentes cubanos infiltrados na Flórida receberam e descodificaram mensagens emitidas em onda curta a partir de estações numéricas cubanas.

Nesse mesmo ano, Ana Belen Montes, ...

Ler mais

Sale Quanto Basta

Paolo Angeli: “Sale Quanto Basta” (RéR Megacorp) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / RéR Megacorp

A contracapa do novo CD a solo de Paolo Angeli indica que este toca “guitarra sarda preparada”, mas essa é, apenas, meia verdade. O inusitado instrumento de que vem fazendo uso numa carreira já de décadas é bem mais do que isso: além de preparado (ou seja, tocado com objectos ...

Ler mais

Skull Sessions

Rob Mazurek Octet: “Skull Sessions” (Cuneiform) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Cuneiform

Visionário conceptualista e estratego sonoro, Rob Mazurek tem vindo a revelar ao mundo ao longo das últimas duas décadas a sua propensão para explorar diferentes mundos sonoros através de várias configurações instrumentais: Chicago Underground (duo, trio, quarteto, orquestra), Exploding Star Orchestra, Starlicker, Pulsar Quartet e São Paulo Underground, entre outras ...

Ler mais

Christian Wallumrod Ensemble: “Outstairs” (ECM) (Curtas)

Curtas

Podemos dizer que há dois Wallumrods. Um é o parceiro de improvisadores como Ivar Grydeland, Ingar Zach e Xavier Charles, votados todos a uma música abstracta e de índole experimental. O outro é o músico alinhado com a filosofia ECM que nessa editora alemã vem apresentando um jazz de cunho ...

Ler mais

Mary Halvorson Septet: “Illusionary Sea” ...

Mary Halvorson Septet: “Illusionary Sea” (Firehouse 12) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Firehouse 12

Este “Illusionary Sea” só será lançado em Setembro próximo, mas antes disso o Mary Halvorson Quintet passará por Lisboa, para uma participação no Jazz em Agosto. Motivo de força maior para que a jazz.pt já tenha ouvido o disco, uma antecipação que muito agradecemos à guitarrista e à editora Firehouse ...

Ler mais

Synesthesia

The Kandinsky Effect: “Synesthesia” (Cuneiform) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Cuneiform

Depois de assistir a uma récita do “Lohengrin”, no Teatro Real de Moscovo, Wassily Kandinsky não calou a perturbação que a obra do mestre de Leipizig lhe havia causado: «Imaginei todas as minhas cores; elas estavam mesmo à frente dos meus olhos. Linhas selvagens, quase frenéticas, desenhavam-se à minha frente.» ...

Ler mais

Old School, New School, No School

Wind Trio: “Old School, New School, No School” (Creative Sources) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Creative Sources

A forma como Paulo Chagas, Paulo Curado e João Pedro Viegas utilizam a família das palhetas (saxofones, clarinetes, flautas e oboé) neste álbum, o primeiro, do seu Wind Trio faz-me pensar em coisas que ouvi a Julius Hemphill, Arthur Blythe ou até Henry Threadgill, particularmente no que respeita ao trabalho ...

Ler mais

Ricardo Gallo Cuarteto: “Tribu del Asfalto” (Tambora Records) (Curtas)

Curtas

Não fora Ricardo Gallo e provavelmente não saberíamos que há um jazz colombiano. Um jazz contemporâneo, arriscado e criativo, quero eu dizer, porque o jazz de salão existe em toda a parte onde uma burguesia menos inculta gosta de ostentar a sua “sofisticação”. Isso porque Gallo emigrou para os Estados ...

Ler mais