Coreto: “Mergulho” (Carimbo Porta-Jazz) (Curtas)

Curtas

Na sua segunda incursão discográfica, o Coreto comprova tudo o que deixou indicado no seu primeiro álbum (“Aljamia”, de 2012) e vai mais adiante. Ou melhor: ressurge para apresentar algo de novo e diferente, não se contentando com continuar com uma fórmula que se revelou bem-sucedida. Se antes tivéramos o ...

Ler mais

MAP: “The Zombie Wolf Playin’ the Blues on a Monday Morning” (Carimbo Porta-Jazz) (Curtas)

Curtas

Excelente título e óptimo grafismo para mais um disco de uma editora que se tornou incontornável na representação do jazz português, e muito especialmente daquele que é tocado a Norte. Com música a condizer, no nível de qualidade a que já nos habituaram os músicos associados à Porta-Jazz, organização do ...

Ler mais

John McLaughlin & The 4th Dimension: “The Boston Record” (Abstract Logix) (Curtas)

Curtas

Com Miles Davis no primeiro período eléctrico do trompetista, com a Mahavishnu Orchestra e com os Shakti, John McLaughlin vincou o seu nome na história do jazz como um dos mais importantes guitarristas de sempre. Toda uma série de projectos menos valiosos que se seguiram atiraram-no, porém, para fora do ...

Ler mais

Jeff Cosgrove / Matthew Shipp / William Parker: “Alternating Current” (Grizzley Music) (Curtas)

Curtas

Jeff Cosgrove foi aluno de Andrew Cyrille e o tema-título deste disco é o seu tributo ao baterista desaparecido, tendo como convidados dois ilustres que tocaram com o mestre. Como seria de esperar com tais intervenientes, o encontro ultrapassou esse confinamento e por isso o prato-forte do álbum é “Bridges ...

Ler mais

Live!

Cortex: “Live!” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

O quarteto norueguês apresentou-se ao público português para dois concertos: actuou primeiro no festival Jazz im Goethe Garten (promovido pelo Goethe Institut, em Lisboa) e nas renovadas instalações da SMUP - Sociedade Musical União Paredense (Parede). O motivo da visita foi a edição, através da “label” lusa Clean Feed, do ...

Ler mais

Geyser

Joel Silva: “Geyser” (Sintoma Records) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Sintoma Records

Muitos milhões de anos antes de o Homem por cá ter assentado arraiais, já o planeta Terra fervilhava de sons. Primeiro, certamente, os ruídos tonitruantes de erupções vulcânicas e tempestades de proporções cataclísmicas. Depois os sons da natureza, da água nos diversos estados físicos, do vento, de animais e plantas: ...

Ler mais

Hugo Trindade: “Depart” (edição de autor) (Curtas)

Curtas

Para uma primeira incursão discográfica, esta do guitarrista Hugo Trindade muito promete para o futuro. O que chama desde logo a atenção é a qualidade das composições do próprio e, ainda mais, dos arranjos que fez a temas de Carlos Bica (“Believer” e “Iceland”), Mário Delgado (“I’m a Poor Lonesome ...

Ler mais

Prólogo

António Quintino: “Prólogo” (edição de autor) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Edição de autor

Para além dos nomes históricos do instrumento em Portugal, vários têm sido os contrabaixistas/baixistas a editar, enquanto líderes dos seus próprios projetos, nos anos mais recentes. O rol é extenso e esteticamente variado: Nelson Cascais, Miguel Amado, Hugo Carvalhais, Yuri Daniel, Hugo Antunes, Ricardo A. Freitas, Miguel Ângelo, Nuno Campos, ...

Ler mais

Last Dance

Keith Jarrett / Charlie Haden: “Last Dance” (ECM) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / ECM

Nunca o título de um disco foi tão verdadeiro: esta acabou mesmo por ser a “última dança” de Charlie Haden, falecido no passado dia 11 de Julho devido a complicações da síndrome pós-polio de que sofria. Mas não se trata de uma gravação recente, até porque o contrabaixista já não ...

Ler mais

74 Club

Otis Trio: “74 Club” (Far Out Recordings) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Far Out Recordings

Formado em 2007 na periferia industrial de São Paulo, o Otis Trio chega somente agora a seu primeiro disco oficial. Se a espera pela estreia do grupo brasileiro foi longa, ao menos teve como efeito positivo dar tempo para que os músicos desenvolvessem uma linguagem própria e um repertório maduro, ...

Ler mais

26

Bode Wilson: “26” (Carimbo Porta-Jazz) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Carimbo Porta-Jazz

Ao nono lançamento, a Associação Porta-Jazz – que detém significativa quota-parte de responsabilidade pelo aumento do reconhecimento (largamente merecido, diga-se) do panorama jazzístico portuense – continua a apostar em projetos de características particularmente interessantes.

Bode Wilson (nome curioso e arte gráfica a condizer) é um trio que explora a liberdade ...

Ler mais

Dave Douglas / Uri Caine: “Present Joys” (Greenleaf Music) (Curtas)

Curtas

Há muito que o trompetista Dave Douglas e o pianista Uri Caine encetaram um trabalho colaborativo, mas esta é a primeira vez que os encontramos em duo num disco. O projecto inspira-se no repertório Sacred Harp, tradição coral protestante do Sul dos Estados Unidos que remonta ao século XVIII e ...

Ler mais

Volume 2: Sede e Morte – Guitar Variations for the Thirsty and the Dead

Filipe Felizardo: “Volume 2: Sede e Morte” (ThreeFour Records) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / ThreeFour Records

Lançado numa edição em vinil pela Three:Four Records em Junho passado, “Volume 2: Sede e Morte – Guitar Variations for the Thirsty and the Dead” é o novo álbum de Filipe Felizardo. Sucede a “Guitar Soli for the Moa and the Frog” (editado pela Shhpuma em 2012), disco ...

Ler mais

Daunik Lazro / Benjamin Duboc / Didier Lasserre: “Sens Radiants” (Dark Tree Records) (Curtas)

Curtas

Na sua segunda incursão em disco, o trio formado por Daunik Lazro, Benjamin Duboc e Didier Lasserre volta a ter uma referência literária, não o haiku de “Pourtant les cimes des arbres…”, mas um autor tão francês quanto os músicos reunidos, Henri Michaud. E no entanto, continua a haver na ...

Ler mais

Rodrigo Amado Wire Quartet

Rodrigo Amado Wire Quartet: “Rodrigo Amado Wire Quartet” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

Num ano particularmente feliz para Rodrigo Amado, sai agora mais uma edição. O “Wire” deste Wire Quartet tanto remete para “arame” como para “escuta telefónica”, naquilo que poderá ser uma referência à série de David Simon, “The Wire”. Esse é, aliás, o ponto de vista mais entusiasmante para se ouvir ...

Ler mais

Günter “Baby” Sommer: “Dedications – Hörmusik IV” (Intakt) (Curtas)

Curtas

Os discos de solos de bateria são sempre um objecto curioso e o jazz tem provado ser capaz de levar o instrumento para campos muito para além do rítmico. Já todos ouvimos a bateria a ser esticada, ampliada, levada por caminhos que pareciam impossíveis. Mas se há baterista capaz de ...

Ler mais

Orquestra Jazz de Matosinhos: “Jazz Composers Forum: Today’s European-American Big Band Writing” (TOAP) (Curtas)

Curtas

Esta talvez seja a edição mais sólida de toda a discografia da Orquestra Jazz de Matosinhos. E também o documento final do seu projecto mais ambicioso de sempre – uma série de concertos em que a “big band” dirigida por Pedro Guedes e Carlos Azevedo interpretou a música de oito ...

Ler mais

Nightshades

Matt Bauder and Day in Pictures: “Nightshades” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

Este segundo álbum dos Day in Pictures (que da formação original apenas se substituiu a pianista Angelica Sanchez por Kris Davis) de Matt Bauder é, em termos gerais, um tributo ao “som Blue Note”.

Bauder talvez seja mais conhecido pelo seu trio Memorize the Sky, que alia linguagens “avant-garde” e ...

Ler mais

Magic 101

Frank Wess: “Magic 101” (IPO Recordings) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / IPO Recordings

Frank Wess morreu no final do ano passado. Foi uma figura que acompanhou a história do jazz sempre na primeira fila: integrou a orquestra de Count Basie, passou pela “big band” de Clark Terry, participou no icónico disco “The Jazz Composers Orchestra” (dirigido por Michael Mantler). Gravou com Gene Amons, ...

Ler mais

“Injuries”

Angles 9: “Injuries” (Clean Feed) (Críticas Soltas)

Críticas Soltas / Clean Feed

Saiu no final de Maio um grande disco da Clean Feed, grande em todos os sentidos, da música à embalagem. Os Angles são uma das bandas fiéis à editora portuguesa: começou por ser um sexteto formado em 2007 por Martin Küchen que lançou dois CDs ("Every Woman is a Tree" ...

Ler mais