Big Band Júnior: “A Lua Partida ao Meio” (Hot Clube de Portugal)

Rui Eduardo Paes

Sim, é verdade que o jazz tocado neste CD é algo escolástico, mas também não seria de esperar outro tipo de desenlaces, quando se tem presente que a Big Band Júnior é uma orquestra-escola de jazz e os seus alunos são muito jovens. Precisamente, uma escola, e daí que, à medida que os temas vão avançando, só podemos ficar agradados pelo facto de os 16 estudantes envolvidos tocarem já com um nível tão elevado. A Big Band Júnior é um empreendimento conjunto do Centro Cultural de Belém e do Hot Clube de Portugal (que edita o disco pela sua própria “label”), com direcção musical de Claus Nimark, e os frutos dessa parceria são bem positivos.

Acrescente-se, porém, que em termos de desenlaces até há outros que não os exclusivamente académicos. Algumas figuras de topo do jazz nacional juntam-se aos juniores enquanto solistas, a saber Maria João, Mário Laginha, João Paulo Esteves da Silva, Mário Delgado, Gonçalo Marques e Ricardo Maia, e os seus contributos não servem propriamente intuitos de “marketing” – basta ouvi-los a trazerem os miúdos para a frente, tocando de modo a fazê-los brilhar. Não propriamente fácil, o repertório junta originais de Nimark e da dupla João / Laginha (o tema-título) a arranjos de composições de Duke Ellington, Billy Strayhorn, Charles Mingus, Miles Davis, Lee Morgan, Joe Zawinul e Vince Guaraldi. É de esperar que daqui saiam alguns dos músicos do jazz português do futuro, pelo que é melhor ir-lhes dando atenção.