, 11 de Janeiro de 2017

Pedro Alçada R.I.P.

Morreu a 10 de Janeiro último o músico Pedro Alçada, multi-instrumentista (guitarra, percussão, saxofone soprano, etc.) e produtor com actividade sobretudo nas áreas do rock e da pop “indie”, tendo sido o mentor do grupo Coty Cream, mas igualmente presente nos circuitos da livre-improvisação. O seu duo com António Chaparreiro resultou no álbum “Opus Macaronicorum”, recentemente editado pela Creative Sources, e teve colaborações com figuras como Vítor Rua, Carlos “Zíngaro”, Vítor Joaquim, Jari Marjamaki, Emídio Buchinho, Miguel Feraso Cabral, Monsieur Trinité e Paulo Alexandre Jorge, entre outros. Foi um dos programadores do ciclo Sabaduos, no bar A Vizinha, em Lisboa. O velório decorre a partir das 17h00 de hoje, dia 11, na Igreja Divina Misericórdia-Patameiras, em Odivelas, e a cerimónia de cremação será amanhã, às 11h00, no Cemitério dos Olivais. A música portuguesa fica mais pobre.